História da Copa do Mundo

HISTÓRIA DA COPA DO MUNDO

Fonte: http://www.suapesquisa.com

O primeiro torneio foi disputado em 1930 no Uruguai. Os anfitriões foram os primeiros campeões mundiais. O Brasil ganhou as Copas de 1958 na Suécia, 1962 no Chile, 1970 no México, 1994 nos Estados Unidos e 2002 na Coreia do Sul e Japão. Conheça mais sobre as curiosidades das Copas do Mundo.

De quatro em quatro anos, seleções de futebol de diversos países do mundo se reúnem para disputar a Copa do Mundo de Futebol.

A competição foi criada pelo francês Jules Rimet, em 1928, após ter assumido o comando da instituição mais importante do futebol mundial: a FIFA ( Federation International Football Association).

A primeira edição da Copa do Mundo foi realizada no Uruguai em 1930. Contou com a participação de apenas 16 seleções, que foram convidadas pela FIFA, sem disputa de eliminatórias, como acontece atualmente. A seleção uruguaia sagrou-se campeã e pôde ficar, por quatro anos, com a taça Jules Rimet.

Nas duas copas seguintes (1934 e 1938) a Itália ficou com o título. Porém, entre os anos de 1942 e 1946, a competição foi suspensa em função da eclosão da Segunda Guerra Mundial.

Em 1950, o Brasil foi escolhido para sediar a Copa do Mundo. Os brasileiros ficaram entusiasmados e confiantes no título. Com uma ótima equipe, o Brasil chegou à final contra o Uruguai. A final, realizada no recém construído Maracanã (Rio de Janeiro – RJ) teve a presença de aproximadamente 200 mil espectadores. Um simples empate daria o título ao Brasil, porém a celeste olímpica uruguaia conseguiu o que parecia impossível: venceu o Brasil por 2 a 1 e tornou-se campeã. O Maracanã se calou e o choro tomou conta do país do futebol.

O Brasil sentiria o gosto de erguer a taça pela primeira vez em 1958, na copa disputada na Suécia. Neste ano, apareceu para o mundo, jogando pela seleção brasileira, aquele que seria considerado o melhor jogador de futebol de todos os tempos: Edson Arantes do Nascimento, o Pelé.

Quatro anos após a conquista na Suécia, o Brasil voltou a provar o gostinho do título. Em 1962, no Chile, a seleção brasileira conquistou pela segunda vez a taça.

Em 1970, no México, com uma equipe formada por excelentes jogadores ( Pelé, Tostão, Rivelino, Carlos Alberto Torres entre outros), o Brasil tornou-se pela terceira vez campeão do mundo ao vencer a Itália por 4 a 1. Ao tornar-se tricampeão, o Brasil ganhou o direito de ficar em definitivo com a posse da taça Jules Rimet.

Após o título de 1970, o Brasil entrou num jejum de 24 anos sem título. A conquista voltou a ocorrer em 1994, na Copa do Mundo dos Estados Unidos. Liderada pelo artilheiro Romário, nossa seleção venceu a Itália numa emocionante disputa por pênaltis. Quatro anos depois, o Brasil chegaria novamente a final, porém perderia o título para o pais anfitrião: a França.

Em 2002, na Copa do Mundo do Japão / Coréia do Sul, liderada pelo goleador Ronaldo, o Brasil sagrou-se pentacampeão ao derrotar a seleção da Alemanha por 2 a 0.

Em 2006, foi realizada a Copa do Mundo da Alemanha. A competição retornou para os gramados da Europa. O evento foi muito disputado e repleto de emoções, como sempre foi. A Itália sagrou-se campeã ao derrotar, na final, a França pelo placar de 5 a 3 nos pênaltis. No tempo normal, o jogo terminou empatado em 1 a 1.

Em 2010, pela primeira vez na história, a Copa do Mundo será realizada no continente africano. A África do Sul será a sede do evento.

Em 2014, a Copa do Mundo será realizada no Brasil. O evento retornará ao território brasileiro após 64 anos, pois foi em 1950 que ocorreu a última copa no Brasil.

_____________________________________________

Copa de 2010 – na África do Sul

Fonte: http://www.copacabanarunners.net

_____________________________________________

Copa de 2006 – na Alemanha

Fonte: http://www.copacabanarunners.net

_____________________________________________

Copa de 2002 – no Japão e na Coreia do Sul

Fonte: http://www.copacabanarunners.net

_____________________________________________

Copa de 1998 – na França

Fonte: http://www.copacabanarunners.net

Pela segunda vez a França realizaria uma Copa do Mundo, sendo que a primeira foi em 1938 quando a Itália sagrou-se bicampeã. O destaque de investimento em infraestrutura foi a construção do moderno Stade de France, como capacidade para 80 mil espectadores.

Em campo, o grande destaque foi a consagração do francês Zinedine Zidanne, que marcou 2 gols na decisão contra o Brasil que deu o título da Copa do Mundo 1998 ao seu país. O Brasil também teve boa campanha, até a decisão quando foi dominado pela França e ficou com o vice-campeonato. A surpresa foi a seleção da Croácia, que conquistou o terceiro lugar batendo a forte Holanda.

Participação do Brasil na Copa do Mundo 1998 – Consciente que a seleção que havia conquistado a Copa do Mundo 1994 não havia empolgado, apesar do título, o técnico Zagallo montou uma equipe mais ofensiva. Na primeira fase o Brasil garantiu a classificação logo nos dois primeiros jogos com vitórias de 2×1 sobre a Escócia e 3×0 sobre o Marrocos. No terceiro jogo, já classificada, a seleção brasileira perdeu de 2×1 para a Noruega.

Nas oitavas-de-final uma vitória fácil de 4×1 sobre o Chile de Salas e Zamorano. Já nas quartas-de-final o jogo foi mais difícil, e o Brasil passou pela Dinamarca com 3×2 e gols de Rivaldo (2) e Bebeto. A semi-final contra a Holanda foi o jogo mais disputado. No tempo normal empate de 1×1 com gol brasileiro de Ronaldo. A prorrogação foi emocionante, mas terminou sem gols. Nos pênaltis, o Brasil venceu por 4×2 com grande performance do goleiro Taffarel.

Esperava-se que a final contra a anfitriã França fosse um jogo tão emocionante quanto a semi-final contra a Holanda. Porém, o que se viu foi uma seleção brasileira totalmente dominada, que não ofereceu perigo contra a França, e foi derrotada por 3×0. Grande confusão e polêmica cercaram os bastidores deste jogo devido ao fato de Ronaldo, o principal jogador brasileiro na ocasião, ter passado mal com convulsões no dia e ido ao hospital fazer exames. Inicialmente cortado para o jogo, Ronaldo foi ao estádio depois do hospital e acabou jogando. Muitos culpam o treinador Zagallo por ter escalado Ronaldo mesmo tendo convulsões no dia. Até hoje não se sabe ao certo o que aconteceu com Ronaldo, nem o quanto esse episódio contribuiu para a derrota do Brasil.

Os campeões da Copa do Mundo 1998 – A França contava com uma das seleções mais fortes de sua história em 1998, rivalizando com a geração de 1982-86 liderada por Platini. Desta vez, o grande craque era o atacante Zinedine Zidane. Os franceses também tiveram um sistema defensivo muito bem montado e a boa fase do goleiro Barthez.

Os franceses passaram a primeira fase com 3 vitórias: 3×0 África do Sul, 4×0 Arábia Saudita, 2×1 Dinamarca. Depois, passaram pelo Paraguai (1×0), pela Itália nos pênaltis, e na semi-final pela surpreendente Croácia por 2×1. No jogo final, a França dominou o Brasil com surpreendente facilidade e venceu por 3×0, com dois gols de Zidane e um de Petti.

Curiosidades da Copa do Mundo 1998 – Se por um lado todos estavam confiantes na estrutura montada para a Copa do Mundo 1998, muitos duvidavam da empolgação que ela teria entre os franceses. Realmente, a reação dos franceses não foi estusiasmada no começo da competição, porém à medida que a França avançava, eles ficavam cada vez mais empolgados. As comemorações pela conquista da sua primeira Copa do Mundo foram para brasileiro, argentino ou italiano nenhum botar defeito.

_____________________________________________

Copa de 1994 – nos Estados Unidos

Fonte: http://www.copacabanarunners.net

_____________________________________________

Copa de 1990 – na Itália

Fonte: http://www.copacabanarunners.net

_____________________________________________

Copa de 1986 – no México

Fonte: http://www.copacabanarunners.net

_____________________________________________

Copa de 1982 – na Espanha

Fonte: http://www.copacabanarunners.net

_____________________________________________

Copa de 1978 – na Argentina

Fonte: http://www.copacabanarunners.net

_____________________________________________

Copa de 1974 – na Alemanha (Ocidental)

Fonte: http://www.copacabanarunners.net

_____________________________________________

Copa de 1970 – no México

Fonte: http://www.copacabanarunners.net

_____________________________________________

Copa de 1966 – na Inglaterra

Fonte: http://www.copacabanarunners.net

_____________________________________________

Copa de 1962 – no Chile

Fonte: http://www.copacabanarunners.net

_____________________________________________

Copa de 1958 – na Suécia

Fonte: http://www.copacabanarunners.net

_____________________________________________

Copa de 1954 – na Suíça

Fonte: http://www.copacabanarunners.net

_____________________________________________

Copa de 1950 – no Brasil

Fonte: http://www.copacabanarunners.net

_____________________________________________

Copa de 1938 – na França

Fonte: http://www.copacabanarunners.net

Depois da Itália em 1934, a Copa do Mundo voltaria a ser disputada na Europa em 1938, na França. Isso causou revolta aos sul-americanos, que achavam que deveria haver rodízio entre a Europa e América do Sul. Isso levou Uruguai e Argentina a não participarem da competição.

Outros países das Américas também desistiram de participar das eliminatórias, como resultado o continente foi representado apenas por Brasil e Cuba. O sistema de disputa da Copa do Mundo 1938 foi igual ao de 1934 em “mata-mata”.

Participação do Brasil na Copa do Mundo 1938 – Depois das participações ruins em 1930 e 1934, a seleção brasileira finalmente mostrou sua força na Copa do Mundo 1938. O Brasil conquistou a terceira colocação, perdendo apenas para a campeã Itália, em jogo no qual Leônidas da Silva, o Diamante Negro, não participou por estar machucado. A seleção brasileira fez sua estréia em jogo emocionante contra a Polônia, o qual terminou 4×4 no tempo normal e foi vencido pelos brasileiros por 6×5 na prorrogação. Depois, contra a Tchecoslováquia, houve empate de 1×1 no tempo normal e prorrogação, o que levou a um jogo desempate vencido pelo Brasil por 2×1. Depois da derrota por 2×1 para a Itália na semifinal, o Brasil conquistou a terceira colocação com vitória de 4×2 sobre a Suécia. Leônidas da Silva foi o artilheiro da Copa do Mundo 1938 com 7 gols, e eleito o melhor jogador da competição.

Os campeões da Copa do Mundo 1938 – A Itália conseguiu defender seu título de campeã conquistando o bicampeonato na França com vitória de 4×2 sobre a Hungria. Os italianos venceram todos os 4 jogos: 2×1 Noruega, 3×1 França, 2×1 Brasil e 4×2 Hungria.

Curiosidades da Copa do Mundo 1938 – A Copa do Mundo 1938 foi a primeira na qual o país anfitrião (França) e o defensor do título (Itália) se qualificaram automaticamente. Aos defensores do título foi dada qualificação automática até a Copa do Mundo de 2006, quando isso foi abolido.

_____________________________________________

Copa de 1934 – na Itália

Fonte: http://www.copacabanarunners.net

Em pleno período fascista a Itália organizou a segunda edição da Copa do Mundo. A Copa do Mundo 1934, que teve a campeã Itália fazendo a saudação fascista em seus jogos, reuniu 16 seleções em disputa do estilo “mata-mata”.

Participação do Brasil na Copa do Mundo 1934 – Se a participação em 1930 foi ruim, O Brasil na Copa do Mundo foi pior ainda: eliminado no primeiro jogo com uma derrota para a Espanha por 3×1. O futebol brasileiro na época passava por muitas divergência e disputas com a guerra entre amadores e profissionais, e muitos clubes não liberando jogadores.

Depois de uma longa viagem à Europa, o Brasil aproveitou para disputar depois da Copa do Mundo 8 amistosos com 2 vitórias, 4 empates e 2 derrotas.

Os campeões da Copa do Mundo 1934 – A Itália sagrou-se campeã da Copa do Mundo 1934 passando pelos EUA (7×1), Espanha (1×1 e 1×0), Áustria (1×0), e venceram a final contra a Tchecoslováquia por 2×1. A seleção italiana tinha a participação de jogadores estrangeiros chamados de “oriundi”, como os argentinos Monti, Gauita e Orsi.

Curiosidades da Copa do Mundo 1934 – Entre os “oriundi” (jogadores estrangeiros) da seleção italiana estava Amphilóquio Marques, o Filó, ex-jogador do Corinthians. Apesar de ser reserva, e não ter jogado nenhuma partida, Filó pode ser considerado o primeiro brasileiro vencedor de uma Copa do Mundo.

_____________________________________________

Copa de 1930 – no Uruguai

Fonte: http://www.copacabanarunners.net

Depois da Olimpíada de 1928, com divergência quanto à condição de amadores dos jogadores e sabendo que o futebol não seria parte dos Jogos Olímpicos de 1932, a FIFA decidiu realizar sua própria competição internacional de futebol fora das Olimpíadas reunindo atletas profissionais. Nascia assim a Copa do Mundo de futebol.

O país escolhido para receber a Copa do Mundo 1930 foi o bicampeão olímpico Uruguai, que celebraria também o centenário de sua independência. A longa viagem transatlântica assustou os Europeus, que foram representados por apenas 4 seleções: Bélgica, França, Romênia e Iugoslávia. No total apenas 13 países participaram da Copa do Mundo 1930.

Participação do Brasil na Copa do Mundo 1930 – O Brasil teve uma participação modesta na Copa do Mundo de 1930, sendo eliminado na primeira fase com 1 vitória e 1 derrota. A seleção brasileira, desfalcada dos jogadores de clubes paulistas com exceção de Araken do Santos, perdeu na estréia por 2×1 para a Iugoslávia e venceu a Bolívia por 4×0.

Os campeões da Copa do Mundo 1930 – O anfitrião Uruguai já era bicampeão da competição de futebol das olimpíadas, a disputa mais importante da época, e confirmou seu favoritismo sagrando-se o primeiro campeão da Copa do Mundo. A Celeste Olímpica venceu o Peru (1×0) e Romênia (4×0) na primeira fase, Iugoslávia na semifinal (6×1), e os tradicionais adversários argentinos, em um jogo final violento, por 4×2.

Curiosidades da Copa do Mundo 1930 – A rivalidade na decisão da Copa do Mundo 1930 entre argentinos e uruguaios começou bem antes do jogo. O célebre cantor de tangos Carlos Gardel visitou os uruguaios e depois os argentinos. Porém, os argentinos não ficaram nada satisfeitos com a visita de Gardel (de mãe uruguaia) aos uruguaios, uma vez vivia e era ídolo na Argentina.

_____________________________________________

Participações da Itália em Copas do Mundo – 17 participações

  • 1934 – Campeã
  • 1938 – Campeã
  • 1950 – Eliminada na primeira fase
  • 1954 – Eliminada na primeira fase
  • 1962 – Eliminada na primeira fase
  • 1966 – Eliminada na primeira fase
  • 1970 – vice-campeã
  • 1974 – Eliminada na primeira fase
  • 1978 – quarto lugar
  • 1982 – Campeã
  • 1986 – Eliminada nas oitavas-de-final
  • 1990 – terceiro lugar
  • 1994 – vice-campeã
  • 1998 – Eliminada nas quartas-de-final
  • 2002 – Eliminada nas oitavas-de-final
  • 2006 – Campeã
  • 2010 -

_____________________________________________

Participações da França em Copas do Mundo – 13 participações

  • 1930 – Primeira fase (7º lugar)
  • 1 934 – Primeira fase (10º lugar)
  • 1938 – Segunda fase (8º lugar)
  • 1954 – Primeira fase (9º lugar)
  • 1958 – Terceiro lugar
  • 1966 – Primeira fase (13º lugar)
  • 1978 – Primeira fase (12º lugar)
  • 1982 – Quarto lugar
  • 1986 – Terceiro lugar
  • 1998 – Campeões
  • 2002 – Primeira fase (28º lugar)
  • 2006 – Vice-Campeã
  • 2010 –

_____________________________________________

Curiosidades sobre a História da Copa do Mundo de Futebol

- O recorde de gols em Copas é do francês Fontaine com 13 gols;

- O Brasil é o único país que participou de todas as Copas do Mundo;

- O Brasil é o país com mais títulos conquistados: total de cinco;

- A Itália foi quatro vezes campeã mundial. A Alemanha foi três vezes, seguida das bi-campeãs Argentina e Uruguai. Inglaterra e França possuem apenas um título cada;

- A Copa do Mundo é o segundo maior evento esportivo do planeta;

- As Copas do Mundo da França (1998) e Japão / Coréia do Sul (2002) foram as únicas que tiveram a participação de 32 seleções. A Copa do Mundo da Alemanha 2006 teve o mesmo número de seleções participantes.

_____________________________________________

Os campeões de todos os tempos

Uruguai (1930) / Itália (1934) / Itália (1938) / Uruguai (1950) / Alemanha (1954) / Brasil (1958) / Brasil ( 1962) / Inglaterra ( 1968) / Brasil (1970)Brasil (1994) / França (1998) / Brasil (2002), Itália (2006). / Alemanha (1974) / Argentina (1978) / Itália (1982) / Argentina (1986) / Alemanha (1990) /

_____________________________________________

Recordes da Copa do Mundo – Gols

• Primeiro Gol: Lucien Laurent (França) ao 19 minutos do primeiro tempo do jogo França 4 x 1 México em 13 de Julho de 1930.
• Gol mais rápido: 11 segundos. Hakan Sukur (Turquia) no jogo Coreia do Sul 2 x 3 Turquia (disputa do terceiro lugar em 2002)
• Gol mais rápido de um reserva: 16 segundos. Ebbe Sand (Dinamarca) no jogo Nigéria 1 x 4 Dinamarca em 28 de junho de 1998 – oitavas-de-final da Copa de 1998)
• Jogo com mais gols: 12 – Áustria 7 x 5 Suíça (1954)
• Maiores goleadas: Hungria 10 x 1 El Salvador (1982), Hungria 9 x 0 Coreia do Sul (1954), Iugoslávia 9 x 0 Zaire (1974)
• Maior goleada nas eliminatórias: Austrália 31 x 0 Samoa Americana (2001)
• Lista dos Gols mais rápidos: Hakan Sukur (Turquia) – 11 segundos (Turquia x Coreia do Sul – 2002) | Vaclav Masek (Tchecoslováquia) – 15 segundos (Tchecoslováquia x México – 1962) | Park Soong-Jin (Coreia do Norte) – 23 segundos (Coreia do Norte x Portugal – 1966) | Ernst Lehner (Alemanha) – 24 segundos (Alemanha x Áustria – 1934) | Bryan Robson (Inglaterra) – 27 segundos (Inglaterra x França – 1982) | Bernard Lacombe (França) – 37 segundos (França x Itália – 1978)

_____________________________________________

Recordes da Copa do Mundo – Jogadores

• Jogador com mais Copas: cinco Copas – Antonio Carbajal – México (1950, 1954, 1958, 1962 e 1966) e Lothar Matthäus – Alemanha Ocidental (1982, 1986 e 1990) e Alemanha (1994 e 1998).
• Jogador com mais jogos: Lothar Matthäus – Alemanha Ocidental e Alemanha – 25 jogos.
• Jogador com mais minutos jogados: Paolo Maldini – Italy – 2.220 minutos (1990, 1994, 1998 e 2002).
• Jogador com mais finais: Cafu – 3 finais (1994, 1998 e 2002).
• Jogador mais jovem numa final de Copa do Mundo: Pelé – Brasil – 17 anos e 249 dias (1958).
• Jogador mais jovem em Copas: Norman Whiteside – Irlanda do Norte – 17 anos e 42 dias (1982).
• Jogador mais jovem nas Eliminatórias: Souleymane Mamam (Togo) – 13 anos e 310 dias – Togo x Zâmbia – 6 de maio de 2001.
• Jogador mais idoso nuna final de Copa do Mundo: Dino Zoff (Itália), 40 anos e 133 dias (1982).
• Jogador mais idoso em Copas: Roger Milla – Camarões – 43 anos e 39 dias (1994).
• Jogador mais idoso nas Eliminatórias: MacDonald Taylor – Ilhas Virgens Americanas – 46 anos e 180 dias – Ilhas Virgens Americanas x São Kitts e Nevis – 18 de fevereiro de 2004.
• Maior diferança de idades numa final de Copa do Mundo: 22 anos e 5 dias entre Dino Zoff (40 anos) e Giuseppe Bergomi (18 anos) da Itália em 1982.
• Maior diferança de idades em Copas: 24 anos e 3 dias entre Roger Milla (42 anos) e Rigobert Song (17 anos) do Camarões em 1994.

_____________________________________________

Recordes da Copa do Mundo – Artilheiros

• Jogador com mais gols em Copas: Ronaldo – Brasil – 15 gols (1998, 2002 e 2006).
• Jogador com mais gols numa única Copa: Just Fontaine – França – 13 gols (1958).
• Jogador com mais gols num único jogo de Copas: Oleg Salenko – Rússia – 5 gols no jogo Rússia 6 x 1 Camarões (1994).
• Jogador mais jovem a marcar gol em Copas: Pelé – Brasil – 17 anos e 239 dias no jogo Brasil 1 x 0 Gales (1958)
• Jogador mais idoso a marcar gol em Copas: Roger Milla – Camarões – 42 anos e 39 dias no jogo Rússia 6 x 1 Camarões (1994).

_____________________________________________

Recordes da Copa do Mundo – Público

• Maior público em Copas do Mundo: 174.000 no jogo Uruguai 2 x 1 Brasil em 16 de julho de 1950 – Estádio do Maracanã – Rio de Janeiro.
• Maior público em Eliminatórias: 162.764 no jogo Brasil x Colômbia em 9 de março de 1977 – Estádio do Maracanã – Rio de Janeiro.

_____________________________________________

Sugestões de leitura

- Os 50 Maiores Jogos das Copas do Mundo – Paulo Vinicius Coelho, Panda Books

- Moderno Almanaque das Copas do Mundo – Gláucia Parreira, Yendis

- Copas do Mundo: Histórias e Estatísticas – Luiz Fernando Baggio Monclar, Axcell Books

- Brasil em Copas do Mundo – Barbosa Filho, Panoramas do Saber.

Uma resposta

  1. Eu amei oq vcs falaram sobre a copa

Deixar uma resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

WordPress.com Logo

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Log Out / Modificar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Log Out / Modificar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Log Out / Modificar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Log Out / Modificar )

Connecting to %s

Seguir

Get every new post delivered to your Inbox.

%d bloggers like this: